Igreja de Paderne

A sua fundação é atribuida a D. Paterna, no sec. XI, próximo da via medieval "Caminho de Santiago" . No Séc. XII, deixou de ser convento de freiras e passou para os Cónegos Regrantes de Santo Agostinho. Recebeu obras no séc. XVII e XVIII que alteraram janelas, altares, e os revestimentos do interior. O segundo portal a Ocidente explica-se pela função funerária do lado norte do espaço fronteiro, que seria coberto por galilé.